Arquivo da tag: pesquisa

Redes sociais e pouco críveis

kantar

No topo, revistas impressas. No chão, as redes sociais. Pesquisa de credibilidade nas notícias feita pela Kantar mostra que os usuários começam a desconfiar mais das informações que recebem via mídia social.

Porém, um problema que faz com que a conta dificilmente feche é que a maioria das pessoas se informa pelas redes sociais. Isso significa que, apesar do desconfiômetro estar ligado, elas estão mais expostas a manipulações.

Fósseis

José Roberto de Toledo aborda, em texto publicado ontem em O Estado de S. Paulo, os resultados de pesquisa de consumo de mídia encomendada pela Presidência da República ao Ibope.

E o que mais lhe chamou a atenção foi o enxugamento do leitor de jornal impresso (só 10% do país fazem isso quatro ou mais dias na semana) e a contradição entre o Facebook deter 31% das menções como “lugar onde você se informa” ao mesmo tempo em que as redes sociais estão na rabeira da credibilidade de informação.

É uma equação que, a médio prazo, parece não ter solução.

A pesquisa completa está disponível para acesso em PDF.

O retrato do financiamento coletivo no Brasil

O Catarse, primeiro projeto de financiamento coletivo (crowdfunding) do Brasil, divulgou nesta semana uma ampla pesquisa sobre esse mercado no país. Foram ouvidas quase 3,4 mil pessoas e chegou-se a algumas conclusões interessantes, como a maior adesão masculina à essa prática (59%) e uma maioria de jovens entusiastas da ideia (31% de quem financia projetos coletivos tem entre 25 e 30 anos).

A reinvenção da biblioteca

As bibliotecas também precisam se reiventar. A apresentação acima é o resumo de uma pesquisa do Pew sobre o assunto.

Jornalismo financiado sofre mas está otimista nos EUA

Os números ainda são ruins, mas jornalistas que trabalham em startups voltadas para a comunicação nos EUA estão otimistas com o que pode acontecer nos próximos meses – é o que mostra pesquisa do Pew.

Das 172 instituições ouvidas, nunca é demais lembrar que duas já ganharam o Pulitzer. E, importante, que praticamente todas ainda estão em busca de um modelo de negócios sustentável.

 

Demissões e qualidade devastada: um retrato do jornalismo

Por que as pessoas deixam de consumir conteúdo informativo dos produtos nos quais costumavam se informar?

O Pew fez essa pergunta nos EUA e chegou à conclusão de que um terço dos americanos abandona seu ex-veículo predileto porque ele se tornou incapaz de provê-lo com notícias e informação no mesmo nível que antes.

Sinal óbvio de que a desidratação, especialmente no jornalismo hardnews, é devastadora do ponto de vista da qualidade.

Os hábitos do brasileiro na rede

O IVC (Instituto Verificador de Circulação) soltou um estudo valioso sobre os hábitos de navegação e consumo dos brasileiros na internet.

O material pode ser baixado gratuitamente [PDF] e, ainda que exclua buscadores e redes sociais, tem indicativos interessantes sobre onde estamos e para onde vamos.

Gjol de casa nova

A turminha boa do Gjol (Grupo de Pesquisa em Jornalismo On-line da Universidade Federal da Bahia) está de casa nova na internet.

Não deixe de visitar com frequência a página porque as informações são sempre muito quentes!

Twitter é usado por 16% dos internautas

O usuário médio do Twitter tem entre 18 e 29 anos e a ferramenta é utilizada por 16% dos internautas.

Estes dados, entre outros, foram divulgados pelo instituto Pew Research.

Técnicas de busca no Google

Essa ‘disciplina’ meu mestre Ramón Salaverría já dava há milênios, mas nunca é demais saber se há novos macetes para turbinar o fantástico buscador.