Enquete – A manchete e o jornal impresso

32 Respostas para “Enquete – A manchete e o jornal impresso

  1. A manchete diária é um dos maiores anacronismos do jornalismo atual.

    Vem do tempo que as notícias tinham que ser gritadas para atrair os pedestres. Quando a venda do jornal estava totalmente relacionada ao “furo de reportagem” (ainda existe isso?).

    Trabalhando em fechamento de jornal diário pude presenciar várias ocasiões em que simplesmente não havia NADA digno de uma manchete.

    Acho que desobrigar os jornais de manchetes diárias passa por editores mais inteligentes e independentes. E bem menos acomodados com formatos de edição pré-definidos.

    Será viável, nas empresas atuais?

    • Henrique,

      A percepção de que a manchete “que grita” para atrair o leitor de banca é aboslutamente perfeita. É exatamente essa a questão: é um recurso gráfico que, com o passar dos anos, perdeu muito do sentido. E que se transformou numa amarra para o jornalista/fechador, condenado a escolher uma manchete sempre, todos os dias.

      Como você disse, abandonar essa tradição gráfica passa, e muito, por uma ruptura de modelo. Aliás, rupturas é exatamente o que o jornal impresso precisa para prolongar a sua existência.

  2. Eu queria ter mais opções. Por exemplo, é um jornal de venda em banca ou majoritariametne de assinaturas? E, claro, se não tem assunto bom não deveria pôr manchete pra cumprir tabela; mas não seria obrigação da produção sempre ter uma boa reportagem engatilhjada.? O jornal não deve ficar a reboque da agenda dos outros, deve?

    • Ana,

      Acho que a obrigação de ter coisa boa engatilhada, sem dúvida, existe. Uma opção de manchete, afinal. Mas será que precisamos mesmo de uma manchete? Ou a primeira página poderia ter outra estrutura, outro desenho? Concordo com a coisa da agenda… é triste quando o jornal se mobiliza ao sabor dos acontecimentos. Pra mim, significa ter perdido o controle sobre a produção do noticiário (não dos fatos, claro).

      Quando fiz a enquete pensei num grande jornal generalista. Logo, tenta atrair assinantes, não compradores eventuais.

  3. Eu entendo a discussão gráfica, mas acho que ela talvez maquie a discussão principal, que é: o jornal deveria ter TODOS OS DIAS ao menos uma ótima reportagem, relevante, exclusiva, importante, interessante, ousada, ou seja, com alguma qualidade que nem nos deixasse em dúvida sobre a necessidade ou não de ter uma manchete. Ficar em dúvida sobre ter manchete ou não é um indicio de que não temos apuração própria suficiente…

    • Concordo em 100%. É isso mesmo: pré-produção para se ter um diferencial manchetável todos os dias. É o ideal.

  4. Eu concordo com a Ana também…

  5. Pingback: O fim da Gazeta Mercantil « Webmanario

  6. Pingback: Jornalistas são os profissionais que mais consomem álcool « Webmanario

  7. Pingback: A transparência publicitária « Webmanario

  8. Pingback: A dura vida do jornalismo sob censura « Webmanario

  9. Pingback: A verdadeira muralha da China « Webmanario

  10. Olá, Alec. Há um tempinho não tenho deixado comentários aqui, hein…

    Bem, diante do que li acima, concordo que a exigência da manchete deveria estar atrelada ao fato de algo merecer tamanho destaque. Sabemos que não é todo dia que temos algo notório a esse ponto.
    Se houver mesmo essa necessidade diária, há que se ter uma apuração extremamente eficaz para que haja fatos dignos de manchete, mesmo quando desvinculados dos acontecimentos diários.
    Como não sou jornalista, embora goste muito mesmo da atividade, minhas opiniões são apenas aquelas de um leitor crítico. Não é agradável ter que ler manchetes descabidas por conta de ser necessário veicular ao menos uma todos os dias… Dia desses estava contabilizando as manchetes bizarras das últimas semanas com os amigos do trabalho… triste.
    Parabéns pela discussão suscitada.

    Abraço.

    • Wellington,

      Há uma outra linha nessa discussão: que os jornais deveriam ter, adrede preparado, reportagens especiais para suprir essa demanda. A se discutir.

      abs

      • Wellington Campos

        Sorte de seus alunos, que devem ter a opção de discutir essas questões. Creio que isso faça diferença da formação de um brom profissional.

        Abs.

      • Wellington Campos

        Perdão…

        *bom profissional

  11. Pingback: Juiz decide que imprensa não pode entrar onde o público em geral é barrado « Webmanario

  12. Pingback: Um novo ângulo da história, 20 anos depois « Webmanario

  13. Pingback: Como a internet mudou radicalmente a economia da notícia « Webmanario

  14. Pingback: Jornais gastam só 14% da receita em produção de conteúdo « Webmanario

  15. Pingback: Nada mais desatualizado do que o jornal de hoje « Webmanario

  16. Colegas,

    Discordo da idéia de existir diariamente manchetes, uma página bem estruturada com enfoque gráfico pode chamar mais a atenção hoje. Lógico, concordo que nem a melhor das grafias pode substituir uma reportagem de capa bem elaborada.

  17. Pingback: Aconteceu ontem: alguns escritos sobre o estado do jornal impresso « Webmanario

  18. A questão deveria ser outra, já que esta se comprovando a cada dia que o jornal impresso, diário, não tem mas nenhuma função, ou pelo menos não terá em poucos anos. Saber se tem que ter manchete ou não é o de menos.

  19. Pingback: Aconteceu ontem: como avançar sem desinformar? « Webmanario

  20. Pingback: Aconteceu ontem: a disposição visual ajuda a esconder a desatualização? « Webmanario

  21. Pingback: O jornal vai dormir internet, a internet acorda jornal « Webmanario

  22. Cada Notícia é uma MANCHETE!!
    Hoje o difícil é ter uma Boa Notícia, diante de tantas que surgem a cada minuto no Mundo!!

  23. Pingback: Aconteceu ontem: análise e opinião resolvem? « Webmanario

  24. Pingback: Reiventar o jornalismo ou o jornalista? « Webmanario

  25. Olá,

    Para qual e-mail devo enviar um sugestão de post para o blog?

    obrigado.

  26. Toda manchete deve conter um conteúdo que mereça ser destacado em 1ª página,é claro que nem sempre é possível ter em mãos uma grande matéria ou notícia,pois atualmente está fácil compartilhar algo,raras são as matérias exclusivas.Entretanto considero absurda a idéia de que é obrigatório “manchetar” algo no jornal impresso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s