O 1º jornal-site-revista-laboratório

O Webmanario reúne pensatas e entrevistas sobre novas mídias e sua influência no exercício do jornalismo, assim como links úteis, sugestões de navegação e conteúdo de aulas do jornalista Alec Duarte, 43 anos, 23 de profissão, coordenador dos cursos de pós-graduação em Comunicação Multimídia e Jornalismo Esportivo na Faap.

Mande um e-mail ou me encontre no Twitter, no Facebook e no Pinterest.

13 Respostas para “O 1º jornal-site-revista-laboratório

  1. Caro Alec,
    Recebi o link desse post por um amigo com quem discuto jornalismo e novas mídias – ele escreveu: ‘recomendo muito essa leitura’. E, de fato, agradeço tanto o compartilhar de suas idéias como os links que você deixou ao longo do texto.
    A despeito de ser um entusiasta de tecnologia e não consiga viver sem ela, tenho relativizado muito o papel que ela tem a desempenhar no jornalismo. Por isso gosto muito quando você fala em jornalismo como “processo” e não como “plataforma”.
    Sou partidário de que a Internet não é boa nem ruim. Ela não serve a bons propósitos, nem a maus. A gente se esquece que a internet nao é uma rede de computadores, mas uma rede de pessoas. E, por tal, as pessoas reproduzem na internet muito do que vivem no “mundo off-line”.
    É por isso que acho que o jornalismo online não é bom nem ruim… e que a internet não representa, necessariamente, uma melhoria do jornalismo. A reinvenção da qual você fala, de fato, deve acontecer para que o uso das plataformas seja, por consequência, reinventado.
    Abraço,
    André

    • André,

      Obrigado pela mensagem. Compartilhamos das mesmas opiniões, não?

      Muito tem se falado em crise do jornalismo, como se ela estivesse exclusivamente atrelada à tecnologia, enquanto na verdade a crise que assistimos é anterior ao advento da internet e dos dispositivos móveis.

      Nós temos de melhorar, indepedentemente da plataforma.

      abs

  2. Oi Alec,

    tenho o seu blog nos meus favoritos desde o início do ano, janeiro mais precisamente, e venho acompanhado e gostado do que venho lendo.

    Gostaria de compartilhar com você uma idéia que tive sobre jornalismo no futuro sobre a convergência tecnológica que está ocorrendo, e onde acredito que iremos chegar, escrevi sobre isso e algo mais num post no meu blog, se puder dar uma lida e uma comentada no seu blog ficaria muito feliz.

    http://brunothomasi.wordpress.com/2009/07/16/o-futuro-da-informacao-na-internet/

    Obrigado e continue escrevendo!

  3. Oi André e Alec, talvez realmente não esteja atrelada à tecnologia, mas é preciso notar que o critério de noticiabilidade tem sido bem distorcido pelos jornalistas, independente da plataforma. E sinceramente, eu não sei como (e isso me irrita profundamente) chegamos a esse ponto. E é aí que entra a tecnologia nesse assunto; talvez seja a democratização da internet e das fontes que facilitaram a “falação de m…”.
    Sim à tecnologia como apenas um dos meios, pois ainda acredito nas pautas exclusivas e com o mínimo de consistência. Não à “comentários” sobre assuntos ranqueados pelo pai dos cyberburros: os buscadores.

    Bom, é o que eu penso … quem mandou democratizar a internet.

    • Lucia,

      Se os buscadores são o “pai dos cyberburros”, estamos mal. Todos sofremos desse mau comportamento de navegação, não?

  4. Te achei hoje no Twitter, e interessante um jornalista que está se dedicando a novas mídias e redes sociais.
    Estou estudando há dois anos e também a ARS, vou te “seguindo” e podemos trocar informações.
    Minha defesa está programada para Outubro.
    Abraços!

  5. Caro Alec,Recebi o link desse post por um amigo com quem discuto jornalismo e novas mídias – ele escreveu: ‘recomendo muito essa leitura’. E, de fato, agradeço tanto o compartilhar de suas idéias como os links que você deixou ao longo do texto.A despeito de ser um entusiasta de tecnologia e não consiga viver sem ela, tenho relativizado muito o papel que ela tem a desempenhar no jornalismo. Por isso gosto muito quando você fala em jornalismo como “processo” e não como “plataforma”.Sou partidário de que a Internet não é boa nem ruim. Ela não serve a bons propósitos, nem a maus. A gente se esquece que a internet nao é uma rede de computadores, mas uma rede de pessoas. E, por tal, as pessoas reproduzem na internet muito do que vivem no “mundo off-line”.É por isso que acho que o jornalismo online não é bom nem ruim… e que a internet não representa, necessariamente, uma melhoria do jornalismo. A reinvenção da qual você fala, de fato, deve acontecer para que o uso das plataformas seja, por consequência, reinventado.Abraço,André
    +1

  6. *This is the right blog for anyone who wants to find out about this topic. You realize so much its almost hard to argue with you (not that I actually would want…HaHa). You definitely put a new spin on a topic thats been written about for years. Great stuff, just great!

  7. Oh sim, eu vou Vou em comecar a trabalhar logo que instantaneamente

  8. Boa Noite Alec,
    estou tentando me comunicar com voce. Sou estudando de jornalismo na universidade presbiteriana mackenzie e estou fazendo um trabalho dobre editores que trabalharam no jornal gazeta esportiva, e queria saber se o senhor poderia conceder um entrevista pra mim. aguardo a resposta.
    grato,
    Guilherme

  9. Caro Alec,

    Tenho me atrevido há quase dois meses a analisar as capas dos dois jornais de circulação diária em Marília (SP) – Diário de Marília e Jornal da Manhã – no ‘Blog Marília’ (https://rodrigoviudes.wordpress.com/) e, qual foi minha grata surpresa, encontrei o seu – acredite, por uma pesquisa sobre clichês para corrigir um editorial da revista onde presto serviços, a D Marília (www.revistad.com.br). Os conteúdos são muito bons. E servem para, de alguma forma, me orientar a tratar sobre as capas diariamente. Afinal, minha proposta é tratar de jornalismo a partir do ponto de vista de quem vai às bancas.

    Abraços!

    Rodrigo Viudes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s