Perdidos

O documento sobre inovação e novas plataformas vazado do New York Times é o complemento perfeito para a conversa sobre a unificação de redações (de novo) promovida pelo Clarín.

Basicamente, o jornalão americano admite que muito do seu discurso externo sobre os novos tempos não passa de cascata para congressos acadêmicos. Seus jornalistas têm os mesmos problemas dos outros para se adaptar. E, pior, quem tem habilidades multitarefa não é valorizado (os principais postos sempre foram ocupados por gente analógica).

Os jornalistas não querem mudar – muitos, inclusive, garantem que não é preciso. É por isso que reunificações eternas e documentos como os do NYT continuarão a ser produzidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s