O jornalismo em 2023

Previsões nunca foram o forte da mídia, vide a fracassada tentativa de antecipar mais uma vez o nome do Papa, mas um grupo respeitável de colegas se propôs a abordar como será o jornalismo em 2023.

Insights como o fim (ou uma mudança radical) do trabalho de correspondentes estrangeiros, a necessidade de adaptar a linguagem de programação às especificidades do ofício e, mais importante, a conexão em tempo integral com sua comunidade de leitores são as coisas mais auspiciosas.

Vale a leitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s