Arquivo da tag: Virginia Reginato

Sujar a cidade e ganhar a eleição

Lembram de Virginia Reginato, a Tia Coty, prefeita de Viña del Mar (Chile) que patrocinava um blog jornalístico crítico dos candidatos que sujavam as cidades do país na campanha política (sem citar Virginia, a porcalhona-mor disparado)?

Pois bem: ela se reelegeu para um período de mais quatro anos à frente da belíssima cidade litorânea com uma votação recorde de 79% _a maior obtida por um prefeito reeleito no Chile.

Na comemoração, champanhe demi-sec e frases do tipo “o importante é ganhar”.

Êlaiá…

O jornalismo enxerga mas é cego quando quer

Os blogs ditos jornalísticos não conseguem, muitas vezes, se livrar das mesmas mazelas que afligem a imprensa tradicional. Como patrocínios e apoios que, se não posso apontar como suspeitos, cravo como aqueles do tipo que inviabilizam a credibilidade de qualquer um _e, lembrem-se, a credibilidade é a principal moeda do jornalista.

Vejamos o caso do jornalista chileno Raúl Gutiérrez, que escreve na Web sobre as coisas da “Grande Valparaiso”, como ele define em seu blog.

Valparaiso, para quem não sabe, é a cidade do coração dos chilenos. Foi aqui que o maior expoente literário do país (e um dos mais importantes do planeta), Pablo Neruda, concebeu boa parte de sua obra. Está à beira do oceano Pacífico, com andorinhas, pelicanos e outras aves cantando, voando e se alimentando o dia todo. É, ainda, a cidade dos “ascensores”, funiculares que fazem o transporte público ao topo das dezenas de morros densamente habitados que a cercam.

Pois bem, voltando a Gutierrez: seu blog, que trata de temas do cotidiano de cidades como Viña del Mar, uma conurbação com Valparaiso metida à besta (com direito a cassino municipal incluído), tem no topo um banner da prefeitura da cidade onde está estampado o rosto (por sinal, onipresente na cidade) da prefeita Virginia Reginato _blogueira “oficial” da municipalidade que só se licenciou da rede porque concorre à reeleição no pleito que aqui se realiza no dia 26 de outubro.

Esa eleição, por sinal, faz a gente sentir orgulho de iniciativas como as que varreram a propaganda incômoda das ruas de São Paulo. Por toda parte, o que se vê são panfletos, bandeiras e abomináveis cartazes colocados em cada esquina.

O blog de Gutierrez registra isso, via texto de outro jornalista, sob o adequado título de “Chile convertido en  un chiquero“, que dispensa tradução. Mas não cita “Dueña” Virginia, que aparece em dois de três tipos de qualquer sujeira eleitoral que você possa imaginar.

Virginia Reginato, prefeita de Viña del Mar, no Chile, emporcalhou a própria cidade

Virginia Reginato, prefeita de Viña del Mar, no Chile, emporcalhou a própria cidade

Daí eu, que cheguei agora por aqui e, algumas horas depois, cansado de tanto ver a cara da alcadesa (o nome em espanhol é belíssimo, vai…) em todas as esquinas procuro um blog local para conhecer o que se fala nesta cidade e descubro que quem transformou o Chile num chiqueiro foram os outros candidatos, não a prefeita Virginia _que não é citada no texto publicado num blog que fala sobre o cotidiano da cidade gerida por ela e que, curiosamente, é patrocinado pela dita cuja.

Em jornalismo, não basta ser honesto. Tem de parecer honesto também. Sempre.