Arquivo da tag: Tunísia

‘Primavera’ revigora o jornalismo no mundo árabe

É bom saber que o jornalismo pegou carona no movimento popular apelidado pela mídia de Primavera Árabe.

Na Tunísia, que botou um ditador pra correr no começo do ano, nada menos do que 70 empresas já pediram autorização para funcionar.

Na Líbia, onde Muamar Khadafi ainda resiste, até um jornal em inglês já está sendo editado (o país tem cerca de 80 jornais e revistas).

Nenhuma dúvida que a democracia é o ambiente mais propício para o exercício da profissão.

Não, a internet não inventou a mobilização popular

A queda de mais um ditador tendo o povo mobilizado nas ruas como ator principal suscitou outro pacote de análises sobre como a vida conectada e as redes sociais são imprescindíveis para o triunfo de rupturas desta envergadura.

Ao mesmo tempo, dezenas de analistas realçam coisas como “se a internet é mesmo tão poderosa, como explicar movimentos revolucionários e populares que se deram em épocas em que nem sequer havia telefones fixos?”.

Óbvio que Hosni Mubarak não caiu porque Mark Zuckerberg criou o Facebook _nem a internet inventou o protesto político.

Mudanças assim acontecem num país porque a sociedade, num longo processo de maturação que não caberia num tweet, passou a pensar de forma diferente.

Nesse contexto, as redes sociais e sua incontestável capacidade de mobilização e difusão de notícias são o ingrediente perfeito para catalisar e amplificar os anseios de um povo em ebulição.

Mubarak desligou a internet no Egito. Em vão: feita pelas pessoas, a rede só reproduz nossas atitudes. São elas que fazem revoluções.