Arquivo da tag: The Atlantic

A Segunda Guerra Mundial em fotos

Um superespecial da The Atlantic aborda, em imagens, todo o processo de combate e mobilização de tropas na Europa de 1943 ao Dia D.

Tempos em que reporter embedado não significava nada…

Fidel Castro abre o bico

Fidel está falando com a imprensa estrangeira. Quer dizer, nem tanto: começou com jornalistas venezuelanos quase amordaçados. Mas soltou um ‘o Wikileaks merece uma estátua’. Ainda um bom frasista aos 84 anos.

Agora, foi fotografado ao lado do americano Jeffrey Goldberg, que colabora com a The Atlantic, talvez a grande revista dos EUA hoje.

Vem materiaça por aí.

A web não morreu

Lembra que ontem falei de um artigo da Wired sobre a morte da web e o avanço dos aplicativos móveis? Pois a tese está sob forte ataque.

Alexis Madrigal vai diretamente ao ponto em texto na The Atlantic: é a grana, estúpido.

E pensar que justo Chris Anderson, editor da Wired e defensor do preço zero na internet, teria formulado a hipótese (ao menos, é quem assina o texto, ao lado de Michael Wolff).

Sim, pontua Madrigal, revistas como a Wired podem fazer muito dinheiro usando aplicativos e serviços personalizados em dispositivos móveis.

Pra completar, Rob Beschizza detectou manipulação nos gráficos que ilustravam o polêmico texto de Anderson.

Mas lembre de Juan Varela, que crê (academicamente, até onde sei) na gradual desimportância da web como principal drive de conteúdo _e se vangloria de falar nisso faz tempo.

Vou deixar a palavra com especialistas.

A internet feriu de morte o jornalismo, dizem jornalistas

Ontem, que falamos da competição entre jornais pagos e gratuitos, coincidentemente a revista The Atlantic divulgou os resultados de uma tradicional enquete que realiza anualmente com “membros proeminentes da imprensa nacional”.

Pois 65% dos jornalistas ouvidos disseram o advento da internet “feriu o jornalismo”. As justificativas são as mais variadas _uma bem engraçada dá conta de que a web “treina os consumidores a ler notícias em pedaços cada vez menores”.

Como Jeff Jarvis já escreveu sobre a enquete, me abstenho. É exatamente isso: o jornal precisa confrontar sua realidade (de que seu centenário modelo de negócios ruiu) e pensar em reposicionar seu produto, partindo do pressuposto que o público leitor possui mais informação disponível.

O mais rápido, o mais alto, o mais forte

Fui ali na Olimpíada e já volto.

Por ora, deixo uma dica: um blog sóbrio que acompanha outro ângulo (político e social) dos Jogos de Pequim. É tocado por James Fallows, que trabalha na revista The Atlantic.

Em tempo: a página é mais um exemplo de jornalista da imprensa tradicional (Fallows é veterano e está há 25 anos na revista) que empresta seu prestígio à blogosfera.