Arquivo da tag: O Cruzeiro

As origens do fotojornalismo brasileiro

Ainda dá pra ver até março, na sede paulista do instituto Moreira Salles, a exposição As Origens do Fotojornalismo no Brasil: Um Olhar Sobre ‘O Cruzeiro’, que foca na revista de informação que circulou entre 1928 e 1975 e detém, até hoje, os recordes absolutos de tiragem (versus população do país) com várias edições acima de um milhão de cópias.

Por mais importante que O Cruzeiro tenha sido para o mercado editorial brasileiro, em particular, e para o fotojornalismo nacional, em especial, não se pode perder jamais de vista o caráter chapa-branca da publicação. Assim como Manchete, turbinada pela ditadura militar, O Cruzeiro nasceu patrocinada por um ditador, Getúlio Vargas, e boa parte de seu sucesso e furos de reportagem podem ser creditados a favorecimentos mil.

Era uma época romântica do jornalismo: repórteres tinham autonomia para fretar aviões, e jornalistas em geral tinham liberdade para mentir (ficou o famoso o caso do “disco voador” na Barra da Tijuca, claramente uma manipulação deliberada da revista).

Fotógrafo da publicação, Flávio Damm fala sem rodeios sobre as armações de David Nasser (repórter venal e simpático à ditadura) e companhia em busca de mais vendas nas bancas.

Isso não significa que O Cruzeiro não tenha exercido sua importância e que ela não deva ser reconhecida. Mas não se pode esquecer de que forma, em boa medida, foi construída.

A revista O Cruzeiro de 1928 com cara de 2010

Dia 10 de novembro de 1928, primeiro número da revista O Cruzeiro _publicação semanal brasileira que duraria até 1975 com tiragens próximas de 1 milhão nos anos 50 e 60.

Escolhi a página acima pela ousadia na ilustração (rococó, ok, mas estamos em 1928…) que invade a outra página.

Tudo muito 2010 (tirando o contraste da cor salmão da página ímpar, totalmente vintage).

(via Jornalistas&Cia.)