Arquivo da tag: lato sensu

Pós em Jornalismo Multimídia na Faap

Resultado de um processo de maturação que consumiu quase dois anos entre pesquisa, estruturação pedagógica e escolha do corpo docente, o curso de pós-graduação em Jornalismo Multimídia da Faap é projeto no qual estou envolvido até o pescoço – como idealizador, coordenador e professor.

. Informações sobre matrículas, bolsas e formas de pagamento podem ser obtidas na secretaria da Faap por telefone (11 3662-7449) ou e-mail

Neste ano abriremos as portas, a partir de março, para a segunda turma do programa, estruturado em três módulos (semestres) de aulas e mais seis meses para a conclusão da monografia final. As inscrições já estão abertas.

Entre os professores, temos Mario Kanno (editor-adjunto de Arte da Folha de S.Paulo), Bob Wolheim (da SixPix, com a disciplina de empreendedorismo, que eu acho o máximo!), Leandro Beguoci (ex-Folha e iG e atual editor-chefe on-line da Fox Sports), Rafael Spuldar (Ex-Reuters, UOL e Terra), Ana Brambilla (editora de mídia social da Editora Globo), Leopoldo Godoy (Microsoft), Francisco Madureira (Abril), Rafael Sbarai (editor de midia social de Veja) e André Deak (Casa de Cultura Digital), entre outros.

É um prazer e uma responsabilidade enorme dirigir esse timaço.

 

Pós em Jornalismo Esportivo na Faap

Um dos projetos mais legais do qual faço parte é o curso de pós-graduação em Jornalismo Esportivo da Faap, que tenho o prazer de coordenar e está com as matrículas abertas para sua quarta turma, que começa em março.

. Informações sobre matrículas, bolsas e formas de pagamento podem ser obtidas na secretaria da Faap por telefone (11 3662-7449) ou e-mail (pos.secretaria@faap.br)

Ao lado do companheiro Fábio Seixas, pude participar da estruturação do curso desde o princípio, da definição da grade à escolha dos professores – todos grandes amigos com longa experiência em redações e, mais bacana, com os dois pés da academia.

Reunimos, assim, profissionais como Flavio Gomes (ESPN), Adalberto Leister Filho (TV Record), Carlos Gomes de Souza (Band), Rafael Sbarai (Veja), Luis Ferrari (ex-repórter da Folha, hoje assessor dos Piquet), Marcos Flamínio (revista Cult), Edson Rossi (revisteiro de primeira e hoje desbravando o mercado de mídia indoor na Elemidia), Erich Beting (Máquina do Esporte), Rodolfo Martino (também coordenador da graduação em jornalismo da Universidade Metodista, considerada a melhor do país), entre tantos outros.

É um prazer, sim, mas uma imensa responsabilidade coordenar esse timaço de jornalistas num curso cujo objetivo é defender os critérios do jornalismo de excelência numa área em que tradicionalmente (infelizmente) a tolerância a erros e deslizes éticos é maior.

É a contribuição que esse grupo dá, modestamente e dentro de suas possibilidades, a uma melhor formação e valorização do jornalista esportivo, área em que militei por 13 anos como editor-executivo (A Gazeta Esportiva), editor (O Estado de S. Paulo, Portal Terra e Diário do Grande ABC) e editor-assistente (Folha de S.Paulo), além de boas e memoráveis incursões pela reportagem.