Arquivo da tag: jornalismo profissional

Ainda sobre a pobreza da participação do público no jornalismo formal

Cresce a manifestação da imprensa formal sobre a participação do público no noticiário, notadamente por meio de comentários (como observei outro dia).

E vai se estabelecendo o consenso de que ela (a participação do público) é muito ruim.

Agora foi a vez do decano Clóvis Rossi, repórter especial e colunista da Folha de S.Paulo, se referir ao “lado lixo da internet” em coluna publicada esta semana pela versão on-line do jornal.

A grande questão dos comentários é que eles não servem para absolutamente nada se não forem lidos e triados pela redação.

A opinião dos leitores não deveria apenas ajudar a melhorar as notícias escritas por profissionais, mas também trazer informações importantes sobre seus anseios e avaliação do material que o próprio veículo publica.

Para isso, seria necessário um pelotão. Só a Folha recebe 150 mil comentários mensais, número que saltou para 400 mil no período eleitoral.

É impossível e, na maioria dos casos, inútil tentar estabelecer qualquer diálogo.

Infelizmente.

Circo midiático e os mineiros do Chile

Pelo menos 1,5 mil profissionais de 350 veículos globais estão credenciados para acompanhar o resgate dos 33 mineiros soterrados há mais de dois meses em Copiapó, no norte do Chile.

Texto da Columbia Journalism Review conclama os profissionais a refletirem sobre como não transformar a cobertura num grande circo midiático.

Difícil quando já se tem notícias de que os mineiros têm um pré-contrato para a divisão dos direitos sobre entrevistas, livros, filmes etc.