Arquivo da tag: indústria

Fora de pacote de desonerações do governo Dilma, indústria jornalística é incluída aos 45 do segundo tempo

Num primeiro momento, a presidente Dilma Rousseff deixou as empresas jornalísticas de fora da desoneração da folha de pagamento, que reduzirá de 20% da folha de pagamento para até 1% do faturamento a contribuição ao INSS para 15 setores, teoricamente incrementando sua capacidade de investimento.

Na sexta-feira, ampliou as benesses da medida para outros 14 setores, entre eles a indústria jornalística – para os retardatários, porém, só a partir do ano que vem.

A justificativa oficial para o veto inicial menciona que a indústria jornalística (assim como outros 18 setores então barrados) não apresentou “as estimativas de impacto e as devidas compensações financeiras”.

Na prática, isso significa que o governo duvida da potencial das companhias jornalísticas em fazer novos investimentos.

Como já tratamos aqui, a presidente conhece bastante bem a realidade desse mercado. A ajuda, nesse caso, poderá vir de outra forma.

O primeiro passaralho a gente nunca esquece

Pela primeira vez em 190 anos, o jornal britânico The Guardian poderá passar pelo drama de um passaralho (para quem não é do jornalismo, a demissão em massa de coleguinhas).

Sobrevivendo na corda-bamba, a empresa (que tem no papel 70% de seu faturamento anual de 200 milhões de libras) está se preparando definitivamente para a vida sem jornal. Antes disso, porém, alguns ajustes amargos deverão ocorrer. Entre eles, a demissão de pessoal, já que voluntariamente apenas 34 pessoas se desligaram de seu quadro.

O objetivo inicial é cortar 7 milhões de libras do orçamento (algo em torno de R$ 23 milhões).

E você sabe o que cortes, num empresa jornalística, significam, né?

Isso mesmo: um produto pior, menos investimento em reportagem, pouco material exclusivo etc.

É triste a realidade da nossa profissão.

Notícias sobre a indústria do compartilhamento

Hoje corrijo uma omissão: não mencionei o livro Public Parts, do colega Jeff Jarvis, lançado há alguns meses e que traça uma consistente análise sobre o compartilhamento e em que ele está transformando o mundo.

Jarvis mostra que nossa atividade em rede coloca toda a nossa produção num patamar até então inédito: o de bem público.

Ao mesmo tempo, o compartilhamento está se constituindo numa nova indústria – que provavelmente será a mais poderosa deste século.

Boa leitura.

Brasil na ponta do crescimento da indústria da mídia

Estudo da consultoria PwC mostra que Brasil e China capitanearão o crescimento das áreas de mídia e entretenimento nos próximos cinco anos, com uma estimativa respectiva de incremento anual de 11,4% e 11,6%.

Definitivamente, somos o país do futuro.