Arquivo da tag: Flip

Estudo sobre o fantasma da censura no rádio

Interessante trabalho multimídia concebido para exibir o levantamento patrocinado pela Fundação para a Liberdade de Imprensa (Flip) sobre a censura ao meio rádio na Colômbia.

Entre os assuntos abordados no competente material, um que permeia o trabalho jornalístico radiofônico desde sua invenção: a incompatibilidade entre isenção jornalística e a pauta publicitária.

Neste caso, os pesquisadores centraram foco na pressão oficial: como dono das concessões e potencial anunciante, o governo federal exerce uma pressão sem precedentes sobre os radialistas colombianos.

Não é uma realidade muito diferente da que assistimos no Brasil, onde emissoras têm recebido tratamento preferencial do governo, conquistando entrevistas exclusivas com a presidente Dilma Rousseff _desde que assuntos espinhosos, claro, não sejam tratados nas conversas.

Ruy Castro disseca Gay Talese

Gay Talese esteve na Flip e, aparentemente, provocou furor neste sábado num debate ao vivo. Bombou na web, e não é por menos: o cara tem história para contar.

Aliás, o jornalista Mauricio Stycer registrou essa faceta do repórter-escritor americano. “Mario Sergio Conti faz perguntas. Gay Talese conta historias, mas não responde nada. Cansativo”, “tuitou” ontem Stycer_quem fez o melhor resumo da participação de Talese na Flip, ao menos no Twitter.

Mais notícias sobre Gay Talese e a Flip

Mas antes ele tinha falado bobagem embarcando na carona da morte de Michael Jackson. Ruy Castro, sempre solerte, não deixou passar e opinou com propriedade na Folha de S.Paulo de ontem.

“Será que, antes do new journalism, toda a imprensa escrevia mal?”

O problema é que Talese disse que a imprensa matou MJ. E quando Talese diz, supõe-se uma ciranda de consulta ao entorno dos personagens de suas notícias.

“Talese terá ouvido isso de Michael, do psiquiatra, da enfermeira ou da babá do artista? Ou será uma suposição?”, arremata o brilhante Ruy.

Pois é, nem há nada a acrescentar.