Arquivo da tag: espetacularização da notícia

Bons exemplos de jornalismo visual e newsgame

A intrépida Mindy McAdams selecionou 21 exemplos (aquela coisa americana de números irregulares) de infografias interativas em flash, algumas bem simples, mas todas detentoras de algo muito importante: o foco na informação, sem espetacularização da notícia.

Amei o caça-níquel do Las Vegas Sun (jornalismo hiperlocal é isso!) que mostra quais as suas chances de perder (a longo prazo você sempre vai perder) brincando numa das maquininhas que o Brasil discute se deve reabilitar _o projeto da volta dos bingos e videojogos está nas mãos da Câmara.

Jornalismo serve exatamente para isso, muito embora o uso do flash, em vários momentos (o newsgame ainda é um incompreendido), sugira entretenimento.

Também pode ser. Mas aí deixa de ser jornalismo.

100 anos de infografia

O brutal crescimento do tráfego marítimo no Brasil infografado pela edição de 18 de agosto de 1909 de O Estado de S. Paulo

O brutal crescimento do tráfego marítimo no Brasil infografado pela edição de 18 de agosto de 1909 de O Estado de S. Paulo

O entendimento de que um infográfico deve usar conceitos de comparação e proporcionalidade é muito antigo, como prova gráfico publicado no jornal O Estado de S. Paulo na edição de 18 de agosto de 1909 (é o que você vê acima).

A relíquia está na web graças ao blog dos 100 anos que o jornal paulistano colocou no ar há semanas _e que poderia muito bem ser monetizado, desde que oferecido editado por temas e empacotado num outro formato. São poucos os conteúdos jornalísticos que podem ser cobrados na internet. Este é, certamente, um deles.

"Origem e Evolução dos Gráficos na Espanha, 1856-1936", Fermín Vílchez in Malofiej 14

"Origem e Evolução dos Gráficos na Espanha, 1856-1936", Fermín Vílchez in Malofiej 14

Chiqui Esteban, diretor de novas narrativas do jornal on-line espanhol La Informacion, notou que essa produção do Estadão de cem anos atrás era bem parecida com o que se publicava na imprensa de seu país 20 anos depois (imagem ao lado).

O último grito: o infográfico em ondas do NYTimes, bom apenas porque é do NYTimes

O último grito: o infográfico em ondas do NYTimes, bom apenas porque é do NYTimes

Daqueles para a moda do gráfico em ondas difícil de entender mas considerado brilhante por ter sido executado pelo New York Times não foi um pulo. Demorou. Muitíssimo.

Como não foi menos árdua a chegada a trabalhos como os que reconstituem o acidente com o voo 3054 da TAM, infográfico mais acessado da história do El Pais.

Contra este último, o uso de linguagem de videogame para espetacularizar a notícia. De informação, pouco _ou nada, se levar-se em conta a situação em que o infográfico foi ar, sem vídeos ou áudios complementares adicionados bem depois.

Velho ou novo, o importante é que o infográfico não perca seu sentido de existir: expor, com clareza, dados que facilitem a compreensão da notícia.