Arquivo da tag: CBS

A segunda queda de Dan Rather

Dan Rather, último âncora clássico da TV e primeiro jornalista a ser desmascarado pelo poder da publicação pessoal e da mobilização na internet, perdeu em primeira instância a causa milionária que movia contra seu empregador por mais de 50 anos, a rede CBS. Vai recorrer.

Ele é a pessoa por trás da reportagem de 2004, que dava conta de uma gazeteada do então garotão George Walker Bush no serviço militar. A matéria tinha por base memorandos de um superior do menino Bush condenando e, ao mesmo tempo, compreendendo a maracutaia.

Internautas comprovaram que os documentos, batidos a máquina, eram incompatível com os espaçamentos e entrelinhas existentes na época da suposta dispensa do exército do ex-presidente _que, daquela forma, se viu livre de combater no Vietnã.

Rather caiu em desgraça, ganhou um cargo figurativo como repórter investigativo que não tinha pautas e acabou se demitindo em 2006. À Justiça, pediu US$ 70 milhões de indenização da CBS por danos morais.

“Objetivamente, o caso acabou”, festejou Louis J. Briskman, o “advogado-geral” da emissora americana.

Rather já tinha acabado faz tempo.

A morte do primeiro âncora

Foi com lágrimas nos olhos _e tirando brevemente os óculos de espessa e inconfundível armação preta_ que Walter Cronkite deu uma das notícias mais impactantes da história da humanidade: o assassinato do presidente John Kennedy, em 1963.

Atrás da bancada do principal noticiário da rede de TV norte-americana CBS por mais de três décadas, ele se tornaria “o homem mais confiável da América”, além de ter transformado a função de reles apresentador. Cronkite foi um influente analista do noticiário no qual as pessoas tinham confiança absoluta.

E ainda por cima, como um anfitrião de luxo, conduzia o público com maestria a um passeio diário pel noticiário.

Foi o primeiro âncora de que se tem notícia não apenas na acepção do termo (criado para ele no final dos 50). Era o comandante do noticiário da CBS, que se tornou o programa jornalístico de maior audiência nos Estados Unidos enquanto teve ele como principal estrela.

Cronkite morreu no final da noite desta sexta-feira, aos 92 anos. Sua morte provocou uma corrida à internet e obrigou a Wikipedia a bloquear atualizações no verbete do jornalista, uma verdadeira lenda.

Se você trabalha em televisão (ou pretende fazê-lo) e não conhece a trajetória de Cronkite, trate de preencher com urgência essa lacuna.