Arquivo da tag: AI-5

Jornal do Brasil, um veículo colaboracionista?

Colunista da Folha de S.Paulo, Janio de Freitas trouxe há alguns dias um tema (para mim) inédito: o Jornal do Brasil, que ele ajudou a revolucionar anos antes, teria se beneficiado – e muito – do período conhecido como ditadura militar, entre 1964 e 1985.

“Durante os 21 anos sem nem sequer os seus mínimos componentes da democracia, a imprensa brasileira (vamos englobar assim jornais, TV, revistas e rádio) teve lucros e outros enriquecimentos maiores, muito maiores, do que em qualquer fase anterior na sua história”, começa o jornalista.

Mais: “Mais importante jornal em todos aqueles anos, o “Jornal do Brasil”, como principal órgão criador de opinião pró iniciativas do regime (“milagre brasileiro”, “Brasil grande”, a designação de “terroristas” para os oposicionistas, nem todos armados, e muito mais) proporcionou o exemplo definitivo da ligação ideológica-econômica dos meios de comunicação com a antidemocracia.”

Estranho em se tratando do veículo que tratou o AI-5 com chacota jamais vista e que, anos depois, ameaçaria a censura com a primeira página sem manchete dando conta da queda de Allende no Chile.

Para a academia se debruçar.

Um passeio pelo acervo do JB


Já foram digitalizadas pelo Google (e há algum tempo) quase todas as edições do saudoso Jornal do Brasil.

Entre elas uma das mais célebres, a de 14 de dezembro de 1968, que anunciava o AI-5, decreto que endureceu a ditadura militar e, consequentemente, diminuiu as liberdades civis (fora o “recesso” forçado do Congresso).

A previsão do tempo (que você vê acima) é talvez a peça mais clássica da capa da edição, que tem ainda uma série de fotos non-sense com legendas sensacionais (como a de Garrincha na semifinal da Copa de 1962 sob o título “A hora dramática”.

A não perder.

(a dica é de outra viúva do Jota, o repórter Bernardo Mello Franco).