Notícias como música

Outro dia meu amigo Rafael Sbarai perguntava se o jornalismo precisava de um iTunes, dando como exemplo a holandesa Blendle, que oferece reportagens “em separado”.

A ideia está saindo das pequenas fronteiras da Holanda e já deve chegar à França.

Que micropagamentos são uma das saídas para a comercialização de conteúdo, não resta dúvida. Mas não esqueçamos que, diferentemente de música, informação é perecível e consumida uma única vez – jamais em looping, como uma boa playlist pela qual vale a pena pagar.

É o cão correndo atrás do rabo, de novo.

 

3 Respostas para “Notícias como música

  1. Pingback: E o iTunes de notícias avança | Webmanario

  2. Também duvido desse formato em especial. Mas sempre defendi a venda em pacotes. Por exemplo: “comprar” só a editoria de Economia, ou a de Cidades e de Cultura. Ou ainda comprar pacotes por assuntos de interesse.

  3. Super ideia com certeza vai atravessar não só a europa com certeza já ouvi previsões até 2016 chegar até as America do sul XD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s