O mito do comércio on-line

Existem muitos mitos sobre a vida (pessoal e comercial) na web, mas provavelmente o mais forte deles atualmente diz respeito ao comércio on-line, um negócio que não para de crescer no Brasil e que já recebeu, em quatro anos, investimentos de mais de R$ 2 bilhões, quadruplicando de tamanho.

Isso significa que você está marcando touca porque ainda não oferece produtos e serviços na rede? Não necessariamente: o negócio pode ser imenso, mas os prejuízos também.

Nenhum operador brasileiro trabalha no azul, e gigantes da rede como a Dafiti (a Casas Bahia da internet, ou seja, seu maior anunciante) investem rios de dinheiro em marketing para atingir a única condição que pode fazer, um dia, o negócio valer a pena: a escala. Ou seja, é preciso ser muito, mas muito mesmo, grande. Grande, aliás, é pouco.

Histórias bonitas como as da Amazon, que se transformou numa imensa operação de logística à custa de severas restrições a direitos trabalhistas básicos, são construídas literalmente com muito suor e sangue.

Na rede, definitivamente, nem tudo é o que parece.

2 Respostas para “O mito do comércio on-line

  1. Então, não é mito se é uma estratégia. Pode ser errada, absurda, inacreditável…mas é uma estratégia: crescer muito e a todo custo (no caso, milhões e milhões e milhões).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s