A cultura do clique (ou a notícia que não era)

Uma análise interessante sobre o papel que o Facebook joga nessa coisa odiosa de compartilhar sem olhar a quem – e o que isso tem a ver com os conteúdos velhos ressuscitados do nada, como a história de seis anos de idade sobre a cidade chinesa que pintou um morro de verde para simular reflorestamento (aposto que você leu isso nesta semana achando que era novo).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s