O café do Guardian e a coexistência

A notícia de que o Guardian abriu um pequeno café em Londres poderia ser a ocasião ideal para materializar, num veículo importante, experiências de convívio entre jornalistas e leitores como os que pequenos veículos da Alemanha e da Suíça já protagonizaram.

Num tempo de coexistência pro-am, mas via redes sociais, espaços de verdade frequentados por ambos ajudariam bastante no processo de construção coletiva do que conhecemos como noticiário.

A ideia do café, por sinal, é bastante antiga, mas funcionaria melhor se, estrategicamente, estivesse localizado ao lado da redação. Infelizmente, o local serve apenas à marca institucional do diário.

Uma resposta para “O café do Guardian e a coexistência

  1. Pingback: O bar da Rádio Itatiaia | Webmanario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s