Redes sociais e descompromisso com a acuração

A história que nos conta meu duplo colega Alvaro Liuzzi é frequente nas redes sociais: “informação” distribuída sem critério algum e que acaba virando verdade.

No caso, uma foto (abaixo) de Jorge Mario Bergoglio dando a comunhão ao ex-ditador argentino Jorge Rafael Videla. Há um detalhe que salta aos olhos logo de cara: a idade dos personagens. Nos anos 70, o agora Papa Francisco tinha por volta de 40 anos – claramente o padre que aparece na imagem é uma figura mais velha (outra coisa, dar a hóstia é uma obrigação clerical, não?).

A apuração, até a descoberta da verdade, rolou pelo Twitter num interessante exemplo de “apuração distribuída” que Liuzzi trouxe a público.
Former Argentine military dictator Jorge

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s