A pátria dos portais

Muita gente chega a este Webmanario por meio da busca “maiores portais de notícias de mundo”. Curioso, porque não há mais portais de notícias no mundo – esse é um modelo que permaneceu, com sucesso comercial, apenas no nosso país.

No início da internet comercial (para nós, isso significa 1996), o portal era como um porto seguro para todos nós, marinheiros de primeira viagem na rede.

Servia pra reunir todos os serviços que, fora dele, pelejaríamos para descobrir num tempo sem Google e com busca pelos malfadados diretórios (um oferecimento de AltaVista e Yahoo).

Foi nos portais que aprendemos a navegar e, aos poucos, descobrir que havia vida fora deles. No Brasil, porém, o modelo prosseguiu mesmo quando somos capazes de passar diretamente por cima deles, e de nossos dispositivos móveis.

Quem diria: o portal acabaria se transformando numa instituição de web genuinamente brasileira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s