A invenção da internet sem internet

Minha amiga Flávia Marreiro, certamente uma das brasileiras que melhor conhecem Cuba, nos conta hoje na Folha de S.Paulo como o povo da Ilha, sempre inventivo, criou a internet sem internet.

Atenção muito especial para a Ecured, a versão cubana para a Wikipedia, que pode ser acessada de lans sem conexão com a web, e para a RedSocial, que ao ser lançado em 2011 foi imediatamente apelidado de “Facebook cubano“.

Cuba é, sob qualquer ponto de vista, fantástica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s