Impresso e digital, numa única cumbuca

Faz sentido: já há algumas semanas a Folha de S.Paulo acrescentou à circulação diária que aparece na primeira página do jornal a quantidade de edições digitais baixadas por assinantes. São cerca de 300 mil exemplares em papel, mais quase 30 mil nas versões web e tablet, segundo dados divulgados em fevereiro (e relativos a 2011).

A prática está prevista pelo IVC (Instituto Verificador de Circulação) e já vem sendo adotada por outros veículos – talvez apenas com menor publicidade.

O modelo de “paywall poroso”, no qual o usuário tem acesso limitado a textos (ou seja, trata-se de um paredão de conteúdo pago com alguma flexibilidade), ao que parece está dando bons resultados.

Mas a venda de edições digitais em tablets, mais ainda, o “truque” de somar essas vendas ao impresso, foi responsável pelo crescimento das vendas dos jornais nos EUA.

2 Respostas para “Impresso e digital, numa única cumbuca

  1. Para ser transparente faltava então eles subtraírem o encalhe nessa conta…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s