E os canetinhas, como ficam?

A UPP (União dos Fotógrafos Profissionais da França) encontrou uma imagem forte para sua campanha de respeito aos direitos autorais.

Não podemos nos esquecer que, ainda assim, o fotógrafo é um privilegiado com relação a seus colegas de caneta, que não têm a assinatura de obras como prerrogativa e muito menos são remunerados por eventuais revendas de seu material – ok, esta última é uma prática cada vez mais em desuso, mas a que só fotógrafos têm acesso.

Podíamos, todos os jornalistas de texto, fazer um esforço para adquirir alguns dos (poucos) direitos a que nossos queridos retratistas (o termo é carinhoso, viu?) já foram contemplados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s