Jornalismo robotizado

A Forbes é uma das publicações jornalísticas que está usando um software para produzir textos.

Tendência?

3 Respostas para “Jornalismo robotizado

  1. A julgar pela qualidade do texto, melhor que muito jornalismo produzido “em piloto automático” por humanos.

    Acho válido pra notícias recorrentes e piloto-automatizantes, tipo situação do pregão de bolsa e placar de jogo de futebol. Típico serviço braçal, feito muitas vezes com má-vontade (a julgar pelos resultados), por jornalistas que podiam estar melhor aproveitados fazendo outras coisas. Sem falar que o gerador automático provavelmente tem menos chance de errar a conta das percentagens.

    Reportagem sobre por que a Bolsa está de tal jeito ou sobre o desempenho de um time de futebol é outra coisa, não dá pra automatizar. São essas que os jornalistas poderiam estar fazendo no tempo que perdem preenchendo notícia piloto-automatizante.

    Claro que os sindicatos vão discordar de mim, mas se bobear eles gostariam que as empresas contratassem jornalista pra redigir o expediente do jornal todo dia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s