Distúrbios na Inglaterra e redes sociais

É claro que os acontecimentos em Londres são um novo cenário para se analisar o impacto da mídia social no dia a dia. É o que fez Tristan Stewart-Robinson.

Nesse caso há um novo ingrediente: o messenger do BlackBerry, usado em massa pelos britânicos por ser de graça.

Novamente, deixo aqui a mesma impressão que manifestei por ocasião da Primavera Árabe: a convulsão social não ocorre por causa do avanço tecnológico, mas é potencializada por ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s