A falha humana e a automação programada para falhar

O que é pior: uma falha humana que faz um anúncio constrangedor ser publicado no maior jornal do país ou uma programação humana feita para falhar, como o link patrocinado, recurso que inevitavelmente coloca o jornalismo em situação ridícula?

Não tenho dúvida de que a automação preparada para falhar é muito mais grave. Afinal de contas, diferentemente do erro humano, sabemos de antemão que aquilo vai acontecer.

São os casos da notícia sobre a proibição da venda do cigarro eletrônico no Brasil acompanhada de links para se comprar o produto proibido, ou da trágica notícia de uma criança que ficou presa numa máquina de lavar roupa ladeada por anúncios de máquina de lavar roupa _que tratei aqui recentemente.

Mas tem gente que pensa que não é bem assim, caso de Tiago Dória, alguém que conhece das coisas. Pra ele, a falha de um subalterno de um departamento de publicidade, que levou às páginas da Folha de S.Paulo o anúncio em que o Extra se despedia da seleção brasileira (quando na verdade ela havia ganho do Chile), é mais grave.

E acho então que precisamos discutir um pouco mais a extensão do uso de robôs no jornalismo, porque é óbvio que ele não me serve a partir do momento em que eu sei, com antecedência, que irá me provocar problemas.

O Tiago diz que não e me questiona (“e depois tem gente que ainda vem falar sobre link patrocinado”, afirmou no dia do anúncio errado da Folha, abordando diretamente uma das bandeiras do Webmanario).

Bem… essa defesa incondicional é mais retrógrada do que um mero departamento comercial que recebe duas versões de anúncio e manda para as páginas do jornal o incorreto.

É até muito conformista se resignar com o vexame da automação. E uma grande pena.

2 Respostas para “A falha humana e a automação programada para falhar

  1. Boa discussão. Mas apenas um comentário: máquinas falham, humanos erram. “Falha humana” é coisa de engenheiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s