O mangá a serviço do jornalismo

Ótima descoberta do Portal Imprensa: o japonês Yomiuri Shimbun, jornal que tira cerca de 10 milhões de exemplares por dia, tem recorrido aos quadrinhos (ou, como eles dizem lá, mangá) para relatar alguns fatos a seus leitores.

Como o exemplo acima, a revolta de gangues que têm provocado distúrbios na Jamaica.

Usada com critério, a HQ pode perfeitamente ser um exemplo criativo de novo formato jornalístico. O cuidado aqui é evitar que se fantasie a coisa _aí, deixa de ser jornalismo.

3 Respostas para “O mangá a serviço do jornalismo

  1. Muito interessante essa iniciativa. Bom pensar em novos jeitos de noticiar. O site Manual dos Focas também publicou um texto sobre essa iniciativa na semana passada. http://manualdosfocas.com/2010/05/rompendo-padroes-noticias-em-quadrinhos/

  2. Isto apenas pode dar certo no Japão na qual a cultura dos Comics e Mangá é bem aceita socialmente. Aqui no Brasil ainda há o preconeito de que é “coisa de criança”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s