Muito moderno e absolutamente antigo

Coisas modernas também podem ser antigas. Como o programa Ensaio, da TV Cultura, transmitido na década de 70/80 e que voltou nos 90, para jamais se firmar. Depois, sumiu.

A ideia era sabatinar um ídolo da MPB, mas sem que o entrevistador aparecesse. Nem sua voz vazava (ocorria de quando em quando, momento em que nós, os telespectadores, vibrávamos).

Achei um trechinho de Adoniran Barbosa em meados da década de 70 (deve ter sido um dos programas de maior audiência da rede “educativa” de São Paulo).

As perguntas eram feitas, os pedidos de música, enfim, tudo sem o que era demandado. Só o microfone do entrevistado estava “aberto”. Era o tempo todo ele falando, à vezes dizendo ‘heim?’, pedindo a repetição da questão.

Muito moderno, e absolutamente antigo.

Mais ideias pra gente refletir…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s