Só jornal esportivo evita queda na circulação

Só o diário esportivo Lance (quem diria), entre os principais jornais brasileiros, teve incremento em sua circulação em fevereiro deste ano _a comparação, em cima de dados do IVC, é sobre janeiro e também fevereiro do ano passado.

Os dez jornais de maior circulação tiveram queda de mais de 6% no número de exemplares entre um ano e outro. A Folha de S.Paulo, líder nacional há anos, circulou 6,6% menos do que em 2008, chegando a 297.581 exemplares.

Nem o fenômeno Supernotícia, popular mineiro que usa a fórmula futebol-crime-mulher, escapou da depressão: após crescer fantásticos 27% em 2008, o periódico _o segundo em circulação no Brasil_ caiu 3,3% sobre janeiro de 2009 e 4,7% sobre o ano passado.

É a crise.

ATUALIZAÇÃO: Cláudio Garcia, assessor de comunicação do Instituto Verificador de Circulação (IVC), escreve nos comentários para retificar este post. Ele diz que os dados do instituto mostram que outros três jornais brasileiros tiveram aumento de circulação em fevereiro: Correio do Povo (RS) (0,3% em relação a janeiro/09 e 2,5% sobre o ano anterior), Zero Hora (RS) (3,23% em relação ao ano anterior) e Meia Hora (RJ) (3,56% em relação ao ano anterior.

7 Respostas para “Só jornal esportivo evita queda na circulação

  1. Olá, Alec.

    Há uma boa perspectiva a vermos aí. Vendem-se menos exemplares porque os conteúdos estão disponíveis online. Mas, a quem isso afeta?

    Muitos dos leitores do Lance, o leem no caminho para trabalho, no ônibus, trem, metrô, wherever. São aqueles leitores fiéis a seus times, que querem saber de tudo (qie já foi dito ontem) antes de chegar a seus postos de trabalho, onde poderão “debater” tudo.

    Leitores de notícias gerais são aqueles que têm trocado as versões impressas pelas virtuais. Apesar de achar inigualável o jornald e papel, tenho migrado para as versões online, até porque posso experimentar os jornais dos mais diversos lugares do mundo.

    Até a próxima.

    • Wellington,

      Os jornais impressos podem ser diferentes da versão on-line, mas por ora optaram pela mesmice. Mas ainda há tempo: no Brasil não estamos sufocados pela crise do papel. Ainda dá tempo de acordar.

      abs

  2. Alec,

    dá para entender esse lance do Lance. É um jornal barato e que fala sobre o único assunto pelo qual o brasileiro se interessa: futebol.

    Como diriam os gaúchos: bah!

    ps: sobre a crise do papel, eu fiquei impressionada com o desperdício na impressão dos jornais. No caso do meu, foram 3 mil exemplares pro lixo até acertarem a cor. Com tanta tecnologia, ainda não resolveram esse “detalhe”.

    • Carol,

      Ao mesmo tempo, como explicar a não existência de uma revista forte de futebol no mercado? Se pensarmos nisso, não fica tão fácil entender o fato de o Lance ter sido o único a manter suas tiragens em 2009. A minha opinião, que não dei no post, é que se trata de mero ajuste. Os próximos meses dirão.

  3. A revista Placar não existe mais? Confesso que não acompanho esse segmento da imprensa…

    Sobre o Lance, não acho que seja mero ajuste. Acredito que o público que lê o Lance não tem acesso fácil à internet. Por isso ainda não houve a troca.

    • Carol,

      Existe, mas sem relevância alguma. Suas concorrentes (uma ou outra pouco melhor) tampouco decolam como se esperava no “país do futebol”.

  4. Caro alecduarte,

    Meu nome é Claudio e sou assessor de comunicação do Instituto Verificador de Circulação (IVC).

    Escrevo para solicitar uma retificação na postagem que você fez sobre a queda de circulação.

    Considerando apenas as dez maiores circulações de jornais no País em fevereiro, além do Lance, também apresentaram alta na circulação os jornais:
    • Correio do Povo (RS): 0,3% em relação a janeiro/09 e 2,5% sobre o ano anterior
    • Zero Hora (RS): 3,23% em relação ao ano anterior
    • Meia Hora (RJ): 3,56% em relação ao ano anterior

    Desta forma, creio que o público que o acompanha teria uma informação mais precisa.

    No mais, parabéns pela abordagem dos fatos que envolvem o jornalismo.

    Aguardo seu retorno.

    Obrigado, Claudio Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s