Webmanário, 1

O Webmanário completa hoje, 28 de fevereiro, um ano de vida. O projeto, concebido para ser coletivo, por uma série de fatores caiu no meu colo.

 Inicialmente previsto para abrigar a produção jornalística dos alunos do Unifai, onde leciono, a ideia ruiu por uma incrível sucessão de desencontros e desentendimentos entre os professores do curso.

O principal deles: o nome. Justamente aquilo que eu não abriria mão. Inclusive esse “incidência zero” aí no menu lateral brincava, há um ano, com o fato de não existir nenhuma referência na Internet ao termo Webmanário.

Era bem divertido quando foi ao ar pela primeira vez. O que, um nome que não aparece no Google? Perfeito, não?

Não era o planejado, mas eu tinha acabado de ganhar um blog _e um projeto pessoal de discutir o presente do jornalismo com colegas de redação, da universidade, alunos.

Perdão, um blog não, jamais diga que o Webmanário é um blog (pelos motivos que tantas vezes discutimos aqui mesmo nesta página).

Isso explica o “jornal-site-revista-laboratório” que acompanha o perfil deste produto. Era uma espécie de slogan para apresentar os trabalhos dos alunos _que provavelmente passeariam por todos esses formatos. Como ficou intrigante, mantive.

O Webmanário original (então apenas uma extensão das disciplinas por mim ministradas, daí o trocadilho do nome, ou seja, tinha relevância uma vez por semana _justamente quando eu dava aula) cresceu. Com a ajuda de diversos companheiros de academia, de jornal, de copo. E ganhou leitores além daqueles que me conheciam e comigo se relacionavam.

Como uma incrível coincidência, ontem, quando fechou-se o ciclo de um ano, o site registrou a maior visitação de sua história. Pena que relatando um fato triste, a morte do jornal Rocky Mountain News, de Denver.

Nas próximas semanas, vou incorporar uma série de novidades ao Webmanário. A primeira delas, uma área “acadêmica” no menu lateral, com links para pesquisadores brasileiros e estrangeiros que têm ajudado a pensar o jornalismo na era da conversação e da publicação pessoal.

Pessoas que têm dividido os anseios sobre os rumos desta profissão em que, por sinal em meses, entrarei na segunda década desempenhando diariamente.

Mas o agradecimento maior é a você. O Webmanário chega a um ano com 409 posts publicados, média de mais por um dia, porque eu acredito que um produto on-line precisa ser assim, atualizado diariamente. Você, que esteve aqui comigo, também.

Muito obrigado.

21 Respostas para “Webmanário, 1

  1. Opa, tenho que comentar aqui porque fui um dos alunos que aprendeu com Alec Duarte o Web Jornalismo de “corpo e alma”. Afinal, meu interesse sobre o web jornalismo, o meu tema de tcc e meu futuro foi com ti que aprendi a gostar e vivenciar o mundo web 2.0 no qual vivemos. Por mais exames que fiquei ahaha.. ( -.- ), estou me sentindo superior na faculdade onde estou atualmente, conversando sobre assuntos que jamais outros sabem e dando ajuda para outros colegas.

    Parabéns pelo “jornal-site-revista-laboratório”

    Abraço

  2. Parabéns, Alec! Logo chegará aos 5,5 anos… Só não pode desistir a esta altura.
    bjos

    • Cris!

      Nem eu acredito que fez um ano! Muito menos que eu teria condições de alimentá-lo praticamente de forma diária. Mas pra chegar aos 5,5 anos, só com mujita ajuda de vocês!!

      bjs

  3. -.-

    chato bagarai..

    auhahuuhahuauha

  4. cade o meu comentario?

  5. Enfim, parabéns. Um grande profissional merece um grande “jornal-site-revista-laboratório”.

    Aprendi muito com o Alec e como ja havia dito me inspira em muitas coisas.

    Espero trabalhar um dia com você. hahaha

    Abs

  6. Eu creio que você faz exatamente o que os “blogueiros” por aí deveriam fazer, pra que o conceito de blog subisse um pouco de nível. Parabéns e sucesso!

  7. êba! Parabéns!!
    Gosto muito das discussões que vc propõe aqui.

    bjo,

  8. Feliz aniversário. Seu blog é essencial para quem quer compreender os caminhos e descaminhos da mídia. Um abraço.

  9. Opa… chamei ele de blog… sorry.

    • Victor,

      Obrigado pelas palavras, mas é isso: evito o termo blog como o diabo foge da cruz, hahahaha. Blog é grife, é passar a impressão que se está conectado. Infelizmente, desvirtuaram o termo.

      abs

  10. Continue o bom trabalho, Alec!

  11. Alec, aproveito a oportunidade para lhe dar os parábens por um ano de ótimo contéudo, um lugar onde posso me aprofundar com conceitos de jornalismo e atualidades.
    Isso aqui deve ser muito valorizado, o seu esforço e competência de um ano de webmanário.
    Eu, mesmo trabalhando, estou aqui todas as tarde, procurando sempre me aprofundar em todos os acontecimentos de nossa profissão.
    Seria um orgulho poder trabalhar junto com você um dia, enfim parábens !!
    Vou sentir falta das suas aulas, pode ter certeza.

    Sucesso !

  12. Pingback: Webmanario, 2 « Webmanario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s