E-mail é coisa de velho

A constatação do título acima é, na minha opinião, a mais importante de uma recente pesquisa do Pew Research Center sobre os hábitos do internauta americano.

A decadência do e-mail entre os adolescentes dos EUA é flagrante. Em 2004, 89% deles usavam o correio eletrônico com frequência. Hoje, esse número caiu para 73%.

Enquanto isso, 74% dos usuários de 64 anos ou mais usam a ferramenta _é a atividade on-line mais popular entre eles.

Alguém já disse que o e-mail, hoje, está para a Internet como carta esteve para a Web na ocasião de seu surgimento. Além disso, supõe textos mais longos. As redes sociais e suas conexões diretas estariam, de certa forma, canibalizando aquele que já foi um símbolo da rede.

4 Respostas para “E-mail é coisa de velho

  1. Sinceramente, não concordo. A meu ver, o e-mail sugere sim textos mais longos e algo mais organizado, por pastas, contatos, com mais privacidade. Há coisas que só se faz por e-mail, sinceramente!

    As redes sociais ainda denotam uma diversão ou expressão de opinião para o mundo, não necessariamente uma comunicação linear.

    Acho que é por aí.

    • Bárbara,

      é uma constatação de uma pesquisa feita nos EUA, e por telefone, porém por gente de bastante credibilidade. A rigor, acho exagerado tomá-la a ferro e fogo, mas não deixa de ser um belo indicativo.

      abs

  2. 73% ainda é um número bastante alto. Empate técnico com a galera que nasceu antes da década de 50.
    Mas não é nehuma surpresa pra mim que o uso tenha caído entre os adolescentes. O simples fato de terem surgido novos serviços para agilizar processos que antes só eram possíveis via email já explica boa parte dessa queda…
    Restou ao email a função de ferramente mais profissional/acadêmica/formal. E a maioria dos adolescente ainda não está nessa fase.
    Nessa faixa etária o uso da net como forma de comunicação é mais informal (leia-se: troca de mensagens rápidas e que não precisem necessariamente ser arquivadas ou documentadas). Nesse caso os IMs e redes sociais são mesmo as ferramentas mais apropriadas.
    Afinal, se eu precisar convidar alguem para ir ao cinema, pq mandaria um email com o risco de esperar horas pela resposta se posso simplesmente dar um duplo clique no meu msn e combinar tudo na hora?

    • Clayton,

      Ótima análise. Mas eu acho mais: por exemplo, toda conversação instantânea pode ser arquivada. Vai daí que a necessidade de um mail passa a ser quase… um costume de antigamente, não?

      abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s