El Pais dá olé em greve da redação

Jornal com apenas 32 anos de vida e prestígio que o coloca entre os maiores do mundo, o espanhol El Pais encarou sem sustos uma greve que teve a adesão de cerca de 80% de sua redação.

A estratégia foi reduzir o número de cadernos da edição nacional, o que, convenhamos, é uma tarefa bastante fácil nesta época de final de ano. Além, é claro, de forçar a utilização das indefectíveis (e modorrentas) matérias de agências de notícias.

Ontem, a publicação bateu bumbo sobre o fato de ter chegado com normalidade aos pontos de venda. A paralisação, portanto, foi um fiasco.

No início da greve, que durou dois dias (sexta e sábado), o jornal chegou a publicar uma matéria onde detalhava o custo total de sua redação.

Mais uma derrota para esta combalida categoria.

3 Respostas para “El Pais dá olé em greve da redação

  1. Afe.. greve em final de ano é fods eim, nego não quer trabalhar mesmo, em plena crise financeira mundial os cara pensa em crise, ai não dá, ai é buxa..

  2. Alec,

    Você acredita que os espanhóis falharam no mesmo ponto da greve brasileira na década de 70, fecharam a greve apenas na redação?

    Afinal pra fazer uma greve em larga escala e chamar a atenção da direção do jornal precisaria agregar o pessoal da gráfica, distribuição e novas mídias. Sem essa turma a greve não passa de “picuinha de fim de ano”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s