Reflexões perdidas num microblog qualquer

Uma de minhas diversões prediletas _afora a utilidade profissional_ é usar o Summize (sim, sou velho e me recuso a dizer “Twitter search”…) para ver o que as pessoas estão falando sobre determinadas coisas. Quando a palavra-chave é jornalismo, sempre acontecem surpresas. Como neste domingo eleitoral quase morto numa cidade em que, como a minha, o jogo político já está resolvido.

Fico sabendo, por exemplo, por meio do usuário acarvalho, que o jornal Lance fez mais uma das suas e publicou uma absurda história sobre Rubens Barrichello e a Ferrari. Não foi a primeira _nem será a última_ do periódico direcionado ao público infanto-feminino-aborrescente.

Filosófico, devilbesideyou diz não ver sentido em “fazer jornalismo e ter um blog sobre moda”. Ué, qual o motivo? Jornalismo de moda não existe? Ou não é serviço? Jornalismo não pode ser fútil? Sempre o velho preconceito…

SolCamargo anuncia que pode preparar uma biografia de seu ídolo na profissão. Quem seria??

Em dois posts amargos (porém verdadeiros) marielegoes decreta: o jornalismo não compensa. Muito menos para quem largou outro curso de graduação por ele…

A última do domingão é do colega David Butter: “As únicas coisas interessantes que li sobre jornalismo nos últimos 10 anos foram cartas de demissão. Sem exagero. O resto é chaaaaaaaato.”

Quase concordo com vocês…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s