Esse mundinho babaca dos blogs, parte 2

O Technorati, maior rastreador de blogs da Web, publica nesta semana (pela primeira vez em pílulas) as conclusões de seu “Estado da Blogosfera“, documento que via de regra norteia o estudo sobre a plataforma no planeta.

Do primeiro dia, que deixei passar e prefiro que Tiago Dória comente por mim, só alguns números: o Technorati sabe da existência de 133 milhões de blogs (eram 70 milhões no ano passado). O detalhe sério: desta enxurrada, só pouco mais de 7 milhões foram atualizado nos últimos quatro meses (a revelação cabal, presente em todos os relatórios, de que nada mais efêmero do que um blog).

O dia 2 do Relatório aborda o “por que blogar?“. E o levantamento não mente: 54% dessa manada o faz com o objetivo de mostrar-se ao mundo via um diário pessoal indiscreto e de fácil acesso. É a cara da blogosfera, especialmente a brasileira, que jornalisticamente até hoje jamais se mostrou capaz de complementar o mainstream _a não ser com nomes bancados e/ou advindos do próprio mainstream.

A segunda motivação (46%), tecnologia, é a mola-mestra dessa coisa chamada Internet.

Um número delicioso é a régua que as pessoas que blogam usam para medir o sucesso de suas crias: 75% dizem ser a “satisfação pessoal”. Logo depois vêm os leões, os adeptos da quantidade, que preferem contabilizar posts e comentários (58%) _ainda que suas opiniões ou a comunidade formada em torno delas seja um desastre.

O relatório (concebido pela primeira vez com base em pesquisas globais, não só nos Estados Unidos) aponta que apenas 2% dos blogueiros do mundo tem na atividade o seu ganha-pão. E, provavelmente, diria que vários destes mentiram.

Como espero que tenham mentido um terço dos entrevistados, que disseram ter recebido “produtos gratuitos” (em bom jornalismo, jabá) como DVDs, eletrônicos, computadores e livros.

Ou seja: a plataforma blog acrescentou pouco ou nada (no Brasil, nada) ao jornalismo, mas foi contaminada por uma das facetas mais tristes da profissão.

Amanhã o Technorati solta dados sobre o estilo mundial de blogagem. A ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s