Barriga de on-line derruba ações de companhia aérea

A falta de cuidado com o manejo de informações pode, muitas vezes, influenciar decisivamente nos próprios rumos que uma notícia tomará. Foi o que aconteceu ontem com a United Airlines, cujas ações caíram 99% em Nova York devido à divulgação de uma informação publicada… há seis anos.

A bolsa eletrônica Nasdaq foi obrigada a interromper os negócios com as ações da United até que se esclarecesse que o perigo de falência ao qual a notícia original se referia dizia respeito a um período específico de 2002, pouco depois, portanto, dos atentados de 11 de setembro de 2001 que jogaram a aviação mundial numa fase de incerteza e medo.

A matéria estava no arquivo digital do jornal Sun Sentinel, da Flórida, e acabou lincada por engano por outro portal de Internet. O próprio Sun apressou-se a amenizar a confusão _disse que a notícia não voltou à tona por meio de seus sites.

A agência Reuters fez o percurso do erro e descobriu que o que começou com um simples link ganhou contornos de verdade depois que serviços de busca de notícias, como o Google News, inseriram a informação em seu cardápio e a espalharam, levando pânico ao mercado de ações.

Mais uma barriga do jornalismo on-line e sua pressa em fazer as coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s