Colaboração ganha revista digital

Num ano em que pelo menos três livros importantes abordaram o assunto (os autores, Charlie Leadbeater, Clay Shirky e Jeff Howe), a colaboração na Web ganha agora também uma revista digital, a We. E consolida-se como “o tema” a ser tratado nos próximos meses.

O assunto da publicação é o mesmo em que as três obras giram em torno: o poder mobilizador que as novas tecnologias deram ao cidadão comum, e o que pode acontecer daqui para frente.

Aplicado ao jornalismo, o “crowdsourcing” tem todas as condições de mudar radicalmente o exercício da profissão. Por ora, temos apenas espasmos aqui e ali _e nada no Brasil, claro. Aqui tudo chega depois.

No primeiro número da We, cujo manifesto de apresentação embarca em conceitos surrados como “inteligência coletiva”, destaca-se uma entrevista (em vídeo) de Dan Gillmor, que ajudou a conceituar o jornalismo cidadão com o livro-referência “We the midia”.

O detalhe: na vida off-line, Gillmor colecionou fracassos e não conseguiu levar adiante nenhuma proposta de jornalimo colaborativo que iniciou _foram algumas. Como pensador, como prova a entrevista, segue na ponta dos cascos.

A We é uma dica do solerte Luis Orihuela e de seu e-Cuaderno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s