A privacidade é um estado de espírito

O livro Privacy: A Very Short Introduction, de Raymond Wacks, finalmente trata o tema do ponto de vista menos subjetivo: a lei.

E a conclusão, interessantíssima, é que privacidade nada mais é do que um estado de espírito: ela costuma ir exatamente até o ponto em que você permite que ela vá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s